Notícias

Economia

Construtores mineiros permanecem otimistas

Empresários esperam avanço do nível da atividade, das compras de insumo e matérias-primas

Por Denise Lucas

14/03/2019 14:56:29

 Atualizado em - 14/03/2019 14:56:29

Construtores mineiros permanecem otimistas

A Sondagem da Construção do mês de janeiro mostra que o indicador Construção marcou 46,0 pontos, tendo o aumento de 4,1 pontos em relação a dezembro (41,9). Esse resultado é o melhor do mês desde 2010, quando houve avanço da atividade. Já o indicador de Atividade em relação cresceu 9,3 pontos entre dezembro (29,1) e janeiro (38,4), sendo o maior para o mês em cinco anos. Entretanto, o índice continuou abaixo de 50 pontos, revelando que o nível de atividade foi inferior ao usual para o mês.

No quesito número de Empregados, o indicador avançou 0,6 ponto em janeiro (40,7), em comparação com dezembro (40,1). Esse resultado foi o melhor para mês em cinco anos, o que mostra que o recuo do emprego em janeiro de 2019 foi menos acentuado que os ocorridos de 2015 a 2018. O índice de Intenção de Investimento avançou 10,8 pontos na passagem de janeiro (36,6) para fevereiro (47,2) e é o mais elevado da série histórica, que foi iniciada em novembro de 2013.

Com esses indicadores, os empresários permanecem otimistas em relação aos negócios do setor nos próximos seis meses e esperam avanço do nível da atividade, das compras de insumo e matérias-primas, dos novos empreendimentos e serviços e das contratações.

A Sondagem da Indústria da Construção de Minas Gerais é elaborada pela Gerência de Estudos Econômicos da FIEMG em parceria com o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (SINDUSCON-MG). A pesquisa foi realizada com 40 empresas no período de 1 a 13 de fevereiro de 2019.

Para acessar a pesquisa completa, CLIQUE AQUI.